Qual é o momento certo para procurar ajuda psicológica?


É o momento do "basta"! É o momento que percebe que não dá mais para segurar sozinho - tornou-se necessário buscar ajuda psicológica. Você merece ser menos ansioso?  Menos depressivo? Merece ter um bom relacionamento?  Quer estar bem consigo mesmo, administrar todas aquelas situações que aparecem de forma inesperada?  Quer melhorar sua auto-estima? Então esta é a hora.

Como saber se tenho necessidade de ajuda psicológica?

A melhor maneira de identificar a necessidade de ajuda psicológica é perceber o quanto de prejuízo sua vida está sofrendo por conta das dificuldades emocionais, comportamentais ou cognitivas que você vem sofrendo. Percebe que sua vida está limitada em algum aspecto, seja ele pessoal, social, financeiro, interpessoal? Se você perceber que há fortes limitações, então está sim na hora de procurar ajuda psicológica.  Funções da ajuda psicológica - Ampliar e melhorar os relacionamentos existentes e desenvolver habilidades para novos relacionamentos.- Aprender novos comportamentos.- Colocar honestamente seus sentimentos e pensamentos sem qualquer julgamento.- Compreensão os pensamentos, sentimentos e comportamentos das outras pessoas .- Obter apoio emocional. A função da terapia vai além da compreensão dos próprios pensamentos, sentimentos e comportamentos. Nosso objetivo é proporcionar habilidades para a conquista de mudanças significativas nas respostas emocionais e comportamentais, melhorando assim a auto confiança, auto imagem e auto estima. A psicoterapia auxilia na compreensão do modo de funcionar das pessoas que nos rodeiam, desenvolvendo assim auto estima. 

Objetivo da ajuda psicológica 

O objetivo principal da ajuda psicológica é detectar e alterar atitudes que restringem as atividades sociais, de lazer e profissionais, melhorando a qualidade de vida, contribuindo para que o paciente desenvolva autoconfiança para lidar com situações adversas de seu cotidiano, o que resulta em considerável aumento da autoestima. A terapia é um aprendizado a seu próprio respeito, sobre você e o funcionamento de sua mente, lhe proporcionando estratégias para o equilíbrio interno. Inicialmente, a ajuda emocional proporcioanda pelo  psicoterapeuta devolve ao paciente a flexibilidade através da análise de suas cognições, a fim de promover mudanças nas emoções e comportamentos. A readaptação dos pensamentos automáticos e das crenças disfuncionais provoca mudanças positivas nas emoções e no comportamento.

 

Referência:

Artigo tirado do website: www.marisapsicologa.com.br